Como rodar uma aplicação java com o docker

Fala galera, beleza?

Depois de um longo tempo  me dedicando a outros projetos, estou me reorganizando com o intuito de voltar a escrever para o blog.

Começarei contando uma historinha… Sabe aquela velha frase “Na minha máquina esta aplicação roda”? Pois é, quem nunca passou por isso? Cansei das vezes em que precisei analisar o porquê de um sistema não subir em outro ambiente e, no final, o problema era uma simples configuração.

No post de hoje, vamos aprender a rodar uma aplicação Java em um container Docker. Para isso, vou utilizar a app desenvolvida no post sobre Integração contínua com Travis e Heroku.

Se você ainda não sabe o que é o Docker, dá uma espiada no post O que é o docker?.

Docker

Se você realmente leu o post O que é o docker?, já entendeu que trata-se de uma tecnologia de código aberto, que permite manipular aplicações dentro de containers. Isso possibilita empacotar o nosso software dentro de uma unidade, contendo todo o necessário para a sua execução. Desse modo, conseguimos rodar esse container em qualquer lugar em que  o docker esteja instalado.

Portanto, chega de dar desculpas. Com o Docker, podemos implantar aplicações rapidamente, de modo confiável e estável, em qualquer ambiente.

Uma maravilha, não?

Leia Mais